The Dust of Pleiades Star Cluster and a Faint Spiral Galaxy


| |

The Pleiades, or Seven Sisters (Messier 45 or M45), is an open star cluster containing middle-aged, hot B-type stars located in the constellation of Taurus. It is among the nearest star clusters to Earth and is the cluster most obvious to the naked eye in the night sky. The cluster contains 1,000 stars, of which more than a dozen can be seen with the unaided eye. The celestial entity has several meanings in different cultures and traditions.

The blue nebulosity that surrounds the cluster is a reflection nebula. The cluster is dominated by hot blue and extremely luminous stars that have formed within the last 100 million years, and are located 391 light-years away according to measurements made by the Hipparcos satellite. Dust that forms a faint reflection nebulosity around the brightest stars was thought at first to be left over from the formation of the cluster (hence the alternative name Maia Nebula after the star Maia), but is now known to be an unrelated dust cloud in the interstellar medium, through which the stars are currently passing. Computer simulations have shown that the Pleiades was probably formed from a compact configuration that resembled the Orion Nebula. Astronomers estimate that the cluster will survive for about another 250 million years, after which it will disperse due to gravitational interactions with its galactic neighborhood.

In the same field of view and less obvious than the brightest hot stars from Pleiades, near the star Electra, can be seen a very faint spiral galaxy UGC 2838 (PGC13696) with a magnitude of 17.8, is beyond the limit of our human capacity to distinguish faint objects and is in the limit detection of many small optical instruments. The named members of the Pleiades and their magnitudes are: Pleione – 5.2 | Atlas – 3.8 | Alcyone – 3.0 | Merope – 4.3 | Electra – 3.8 | Celaeno – 5.4 | Taygeta – 4.4 | Maia – 4.0 | Sterope – 5.9

PT: As Plêiades, ou Sete Irmãs (Messier 45 ou M45), é um aglomerado de estrelas aberto contendo estrelas de meia-idade, tipo B quentes, localizadas na constelação do Touro. Está entre os aglomerados de estrelas mais próximos da Terra e é o aglomerado mais óbvio a olho nu no céu noturno. Este cluster, contém cerca de 1000 estrelas das quais mais de uma dúzia podem ser vistas a o olho nu para um observador experiente e com boa acuidade visual. Este objecto celeste tem vários significados em diferentes culturas e tradições.

A nebulosidade azul que circunda o cluster é uma nebulosa de reflexão. O cluster é dominado por estrelas azuis quentes e extremamente luminosas que se formaram nos últimos 100 milhões de anos e estão localizadas a 391 anos-luz de distância da Terra de acordo com as medições feitas pelo satélite Hipparcos. Pensava-se inicialmente que a poeira que forma uma tênue nebulosidade de reflexão em torno das estrelas mais brilhantes teria sido consequência da formação do aglomerado, mas agora é conhecida por ser uma nuvem de poeira Interstelar não relacionada, pela qual as estrelas estão a atravessar atualmente. As simulações de computador mostraram que as Plêiades provavelmente foram formadas a partir de uma configuração compacta que se assemelhava à Nebulosa de Orion. Os astrónomos estimam que o cluster irá sobreviver por cerca de mais 250 milhões de anos, após o que se dispersará devido às interações gravitacionais com sua vizinhança galáctica.

No mesmo campo de visão e menos óbvio que as estrelas quentes mais brilhantes de Pleiades, perto da estrela Electra, pode ser vista uma galáxia espiral muito fraca UGC 2838 (PGC13696) com uma magnitude de 17,8 está além do limite de detecção da nossa capacidade humana para distinguir objetos fracos e no limite de detecção de muitos instrumentos ópticos mais pequenos.

As principais estrelas das Plêiades e suas magnitudes aparentes são: Pleione – 5.2 | Atlas – 3,8 | Alcyone – 3.0 | Merope – 4.3 | Electra – 3.8 | Celaeno – 5.4 | Taygeta – 4.4 | Maia – 4.0 | Sterope – 5,9

Technical details | Detalhes Técnicos

Taka FSQ-106ED + Extender-Q 1.6x – EM200 auto-guided | Nikon D810A | ISO2500 – Exp. 300 seconds x 15 lights + ISO3200 – Exp. 210 seconds x 10 lights + ISO2500 – Exp. 270 seconds x 13 lights | Total integration of 38 Lights: 2h48 minutes. Processing on PixInsight 1.8 and CS6. Cumeada Observatory from Dark Sky® Alqueva Reserve, Reguengos de Monsaraz.



BUY IT NOW
 | COMPRAR AGORA

Copyright 2019 © All rights reserved to the author Miguel Claro | The website content is primarily in english, and partially in portuguese: en | pt